Pesquisar este blog

Cinco anos sem Fernando Sabino

Em seu túmulo está escrito: Nasceu homem, morreu menino. Estou falando de um dos maiores escritores da história da Literatura Brasileira, que apesar de não ter sido citado pela minha professora de Literatura do Ensino Médio nos raros momentos em que falava de Literatura, se tornou um grande marco na minha vida não só como escritor e leitor, mas como pessoa. Hoje, se estivesse vivo, o grande Fernando Sabino sopraria 86 velinhas, mas ontem, 11 de outubro de 2009 fez 5 anos que o perdemos. Só tive a honra de conhecer sua Literatura quando cursava o segundo ano do ensino médio, em 2007, indicado por um nobre amigo a ler o Encontro Marcado, publicado em 1956. Foi ao ler O Encontro Marcado que eu tive vontade de me tornar um leitor e constante admirador do trabalho desse grande escritor que marcou a minha história para sempre. Hoje, dia das crianças, um dia depois de aniversário da sua morte e a comemoração do aniversário do menino que nasceu há 86 anos atrás, e mesmo não mais estando entre nós, nos deixou um legado muito maior. Jamais poderei esquecer o que a Literatura do Grande Fernando Sabino fez com a minha vida, a vida de Eduardo, as aventuras do Menino no Espelho e Geraldo Viramundo, no Grande Mentecapto, jamais poderei esquecer, jamais!

Deixo aqui a minha sincera dor por tê-lo perdido e a indescritível alegria por ter conhecido sua literatura, declarando que ele é e sempre será o melhor escritor do mundo para mim.Parabéns a quem entendeu tudo o que eu escrevi a seu respeito e aos que não entenderam, a sincera certeza de que valerá a pena conhecer sua Literatura.

Por Ítalo Chesley

Se eu resolver

Se um dia eu resolver contas todas as estrelas do céu
Quero que sejas minhas companhia
E sobre a areia desta praia vazia
Ao som de letras e melodia improvisadas
Descobrirei que encontrei em ti
O tesouro que mais procurava!
Sou pirata e o meu navio não tem cáis
Sou poeta e a minha inspiração é uma noite de lua achada e estrelas perdidas
Não sou nada sozinho
Contigo sou tudo
Sou eu, sou você
Somos dois, somos um só