Pesquisar este blog

Feliz Natal, dois tapinhas nas costas e Tchau!

Boa noite senhoras e senhores, como estão?

É incrível o poder que a humanidade tem para fingir que as coisas estão bem e que estamos todos felizes, só pelo fato de estarmos em pleno natal. Ontem, liguei a televisão de manhã e vi uma maravilha: alguns artistas revelando amigo oculto. Gastaram mais ou menos, umas duas horas na televisão fazendo uma merda daquela, já pensou em quanto isso custa? E o melhor: achando que alguém se interessa em ver aquela merda e o pior: tem gente que se interessa!

Tudo bem, o natal é um ótimo momento para estarmos juntos com nossos familiares, comemorando mais um ano vencido e abrindo mão de alguma aresta que tenha ficado para trás, no decorrer do ano.

Mas, por favor, querido leitor, não acredite nesse papinho furado de que, no fim do ano, nós temos que ter um pouquinho de paz, amar o nosso irmão, festejar e blá blá blá. Neste fim de ano, você tem que ser o que deveria ter sido o ano todo: Uma pessoa sincera, autêntica, honesta e deixar falsidade e hipocrisia para lá. Se você não gosta de alguém, não dê aqueles tapinhas ordinários nas costas, porque é ainda pior do que se você tivesse ficado quieto no seu canto, num silêncio sincero.

Não faça doações inúteis para entidades carentes, que doam ilusões, simplesmente enchendo crianças de brinquedos idiotas no fim do ano para dar um pouquinho de felicidade para aquelas crianças. E no resto do ano, o que será delas?

Por favor, não acredite no : "Hoje a festa é sua, hoje a festa é nossa, é de quem quiser, quem vier", porque, se depender da maior emissora de TV deste país, quando chegar o fim do ano que vem, você vai estar um pouquinho menos inteligente e pensará, quando tocarem essa música: "que música bonitinha".

E no outro ano vai ser pior, e no outro pior ainda e onde isso vai parar?

Desejo, com um coração sincero, um Feliz Natal e um próspero ano novo aos meus nobres leitores, que estiveram aqui comigo neste segundo ano de Blog.

Obrigado por lerem minhas maluquisses diárias e acompanharem meus altos e baixos literários. Saibam, que por mais anônimos que sejam, tudo o que é postado aqui, é feito para vocês, para que tenham uma leitura de qualidade.

Obrigado por ler esta postagem

Atenciosamente,

Ítalo Chesley